quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

Fim do mundo!

Hoje, uma amiga me pediu ajuda para encontrar uma calça flare tamanho grande. Fui pesquisar algumas lojas que sei que trabalham com o que chamam de plus size. Olhando a coleção de uma e me deparei com a seguinte foto da coleção atual:

Foto: www.atmobh.com.br
Jesussssssss, onde essa moça é plus size????
Onde vamos parar?
Sinal do fim do mundo. :(

Nana

terça-feira, 19 de junho de 2012

Esclarecimento


Há muito tempo venho querendo escrever esse post. Essa semana, li alguns blogs que me fizeram lembrar a necessidade de voltar a esclarecer uma coisa.
Em alguns posts e comentários, citamos marcas e lojas. Em alguns posts, colocamos a observação de que não temos nenhum vínculo com nenhuma delas. Porém, há outros nos quais que essa observação não foi feita. Achei por bem vir e deixar claro. A citação de lojas e marcas vem de experiências próprias, na intenção de ajudar e facilitar a vida das leitoras. Não recebemos nada para citá-las. Nada contra quem faz publicidade em posts, desde que, fique bem claro.
Acho que esse tipo de esclarecimento contribui para a credibilidade dos blogs de moda. Eles andam se multiplicando e criando muita polêmica ruim, muitas vezes, só por não esclarecer a política que adotam. É o Pequenos Frascos fazendo sua parte!

Nana


quinta-feira, 14 de junho de 2012

Formato do corpo - Tirando medidas

Um dos posts mais populares do blog é sobre o corpo tipo ampulheta. Em vários comentários, tenho notado uma dúvida comum: as meninas tem usado a medida do busto no lugar da medida dos ombros. Relendo os posts sobre os formatos de corpo, vi que o do corpo ampulheta não esclareceu bem essa questão. Então, vou repostar o texto que eu escrevi falando dos formatos e de como tirar as medidas que irão determinar qual o desenho da sua silhueta. Caso você tenha dúvida é só deixar um comentário que tentarei esclarecer da melhor maneira possível.

"domingo, 10 de maio de 2009

Formato do seu corpo 

Para saber o que veste melhor a gente o jeito mais fácil é saber como é o nosso corpo. Com três medidas simples conseguimos achar qual tipo de corpo é o nosso. Basta medir os ombros, a cintura e o quadril.
Pegue a fita métrica, tire essas medidas, anote e veja em que tipo você se encaixa. Mas tem um truquezinho para tirar essas medidas. Você não vai contornar o seu corpo com a fita métrica. Você vai tirar as medidas só da frente, medidas horizontais. Acho que a ilustração vai ajudar:




São basicamente 5 formatos:



Oval: A cintura tem medida maior que as dos ombros e do quadril. É o formato de corpo comum em quem está acima do peso, com a barriguinha bem saliente. A silhueta é arredondada
Retangular: As medidas de ombros e quadril têm, mais ou menos, as mesmas larguras - então, ombro, quadril e cintura ficam mais ou menos "alinhados", precendo um retângulo mesmo.
Ampulheta: A cintura tem uma medida bem menor que a dos ombros e os quadris que, em geral, tem medidas parecidas. É o também chamado corpo violão. Teoricamente, é o tipo físico ideal, que precisa de menos correção.
Triângulo: é o formato mais comum entre as brasileiras. Tem a medida de ombros menor do que a medida do quadril, sendo que a silhueta aumenta gradativamente em direção à cintura .É também conhecido como formato pêra, por conta da parte de baixo mais chamativa visualmente
Triângulo Invertido: A medidas de ombros e costas maiores do que as medidas do quadril. È um tipo muito comum nas nadadoras que desenvolvem mais as costas que o resto do corpo. Muita gente confunde com o formato oval. Para ver a diferença é só notar que a largura do quadril em direção ao ombro aumenta gradativamente.

E aí? Conseguiu achar o seu formato de corpo? Aguardem que irei postar dicas sobre o que cai melhor para cada um desses formatos."

Nana


sábado, 2 de junho de 2012

Elegância sem salto

Uma leitora querida, impedida de usar saltos por motivos de saúde, me pediu dicas de como ficar elegante usando sapatilhas. Depois que respondi, me lembrei de uma sapatilha linda que tenho: bicolor, com um laço de veludo que é super charmosa e muito elegante. Ela me inspirou a escrever esse post. Além de contar as dicas que dei à leitora, resolvi ilustrar mostrando peças que podem ser usadas nas mais diversas ocasiões. Espero que vocês gostem.

A sapatilha, assim como todo sapato que deixa a mostra o peito do pé, é um grande aliado das baixinhas. Isso nos ajuda a parecermos mais alongadas. No mais, as "regras" para sapatilha são as mesmas que para outros sapatos. As baixinhas precisam tomar cuidado na hora de usar com calças e saias compridas. Devemos usar a cor do calçado o mais próximo possível da cor da calça, evitar grandes contrastes. Com as demais peças, o cuidado tem que ser com o comprimento. Peças no meio do caminho – abaixo do joelho, acima do tornozelo... – são péssimas para quem é baixa, pois, fazem um corte na silhueta.

Dito isso, vamos às situações.

No lazer, o que prevalece é o estilo pessoal. Aqui vale muita cor, adereços, franjas, tachas e o que a imaginação mandar.

Foto: http://www.sapatosmarca.net/2012/01/16/sapatilha-uma-boa-opcao-para-todos-os-tipos-de-mulher/

 









No trabalho tudo depende de qual o grau de formalidade que ele exige. Se você estiver em um ambiente mais formal, o ideal são os tons neutros com um design mais clean. Sapatilhas bicolores no estilo Chanel são muito bem vindas também. Se o ambiente for informal vale cor, detalhes, um pouco de brilho. Só cuidado para não exagerar como se estivesse indo passear.



Nesse caso das sapatilhas para o trabalho busquei imagens que mostram que não precisam foser só de uma cor ou sem graça.
Em ocasiões festivas em que a gente, geralmente, usa aquele salto poderoso, podemos usar sapatilhas em materiais mais nobres, com muito brilho. Vale investir em sapatilhas com o bico mais fino também.


Dessa forma, é possível ficar sempre muito elegante e bem vestida usando sapatilhas! Adoro!

Nana

sábado, 5 de maio de 2012

Corset? Corselet? Ou corpete?

Lara,
Depois de nem sei mais quanto tempo, desencantei seu post sobre a diferença entre corset, corselet, corpete e espartilho.
O mercado não especializado e as consumidoras, no geral, adotaram os nomes como se um fosse tudo a mesma e não são!
Corset e espartilho são sinônimos. Corset é a palavra em francês e espartilho em português. É uma peça feita com várias camadas de tecido, possui amarração e tem como função reduzir medidas, valoriza a silhueta, deixando a mais sinuosa. Ela reduz a cintura. É uma peça que deve ser feita sob medida. 
Uma das marcas mais famosas aqui no Brasil é a da Madame Sher. Vale a visita no site: http://www.madamesher.com/pt


Corselet é uma peça de lingerie inspirada no corset (espartilho) que pode ou não ter amarração. Sua função é meramente estética, não diminuindo medidas.

 Foto: http://mondomoda.wordpress.com/2011/09/28/corset-corselet-corpete/


Foto: www.abril.com.br

O corpete é uma peça de roupa, como se fosse uma blusa, também inspirada no corset (espartilho) e que, também, não diminui medidas, não afina a cintura.



Foto: http://www.purafrescura.com.br/corpete-espartilho-ou-corselet-dicas-e-modelos-2012/
Esse é um exemplo que pode ser um corselet ou um corpete:



 Foto: http://macapa.olx.com.br/pictures/blusas-corpete-corset-corselets-importados-lindos-iid-252204513

E aqui um na versão corpete e corselet:



Foto: http://elegantza-lingerie.blogspot.com.br/2008/12/blog-post_6025.html

Todos eles podem ser usados por baixo ou por cima de outra peça.
Corset por cima da camisa:

 Foto: http://yogaonlinemalhascompressivas.blogspot.com.br/2010/07/lancamento-da-yoga-corset.html 

Corselet por cima da camisa:



Foto: http://multiploseus.wordpress.com/2011/12/26/meio-look-de-natal/

Corpete por cima da camisa:



Foto: http://ane-detudoumpouco.blogspot.com.br/2010_03_01_archive.html

Tenho corsletes e corpetes. Acho que não nasci para suportar uma coisa me apertando, me esmagando.
Espero ter respondido a sua dúvida. Qualquer coisa é só voltar. Prometo tentar demorar menos.

Nana

quinta-feira, 26 de abril de 2012

Vale a leitura

O último post falou um pouco do porque o Pequenos Frascos estar tão parado. A nossa proposta é dar uma visão NOSSA das coisas e não ser mais um blog que copia.
Acabo de ler esse post http://insurto.blogspot.com.br/2012/04/o-melhor-blog-do-mundo.html, indicado pelo @petiscos.
Vale a leitura!

Nana

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Um oi

Passando rapidinho para falar duas coisas.
Lara, não esqueci o seu post. Já fiz a pesquisa e vou escrever. As coisas estão meio confusas aqui mas vai sair.
E a outra é recomendar a leitura desse post do Pimenta no teu... é refresco! 
Concordei com muitas coisas e elas servem para explicar um pouco do blog estar tão parado.
Beijocas e obrigada pelo carinho e paciência de vocês.

Nana

segunda-feira, 11 de julho de 2011

Oi???

Sem palavras para esboçar qualquer coisa.






Nem em casa, no escuro do quarto, sozinha e deprimida eu consigo ficar assim.

Ana

domingo, 3 de julho de 2011

Nunca é tarde para aprender


O negócio é o seguinte:
Tenho certa preguiça de clichês, mas eles sempre estão presentes na vida da gente...
O de hoje é “nunca é tarde para aprender”!
Hoje, domingo, voltando do tradicional café na padaria, um senhor já de cabeça branca caiu da bicicleta. Fui ajudá-lo. A rua estava erma e fiquei com dó. Ele, tadinho, ficou muito sem graça e pedindo desculpas (?) virou pra mim e disse:
“- Obrigado, moça, tenho vergonha de dizer, mas tenho uma certa idade e estou aprendendo a andar de bicicleta agora.”
Chegando em casa, dei de cara com isso: 



É o que digo:
NUNCA É TARDE PARA APRENDER A SE VESTIR, DONA ENOLI LARA!!!!

Ana